Base da Filosofia

http://www.facebook.com/wellingtonsversut

Filosofia das Ciências - Missão 25b - Kuhn - paradigma

Ler de modo filosófico textos de diferentes estruturas e registros (PCNs, página 64)

Eudoxus System
http://catalogue.museogalileo.it/multimedia/EudoxussSystem.html

Ptolemaic System
http://catalogue.museogalileo.it/multimedia/PtolemaicSystem.html

Epicyclical Theory
http://catalogue.museogalileo.it/multimedia/EpicyclicalTheory.html

Copernican System
http://catalogue.museogalileo.it/multimedia/CopernicanSystem.html


Tycho Brahe System
http://catalogue.museogalileo.it/multimedia/TychoBrahesSystem.html


Filosofia da Ciência
Tema: paradigma
Questão Central: Que critérios devem pautar o conhecimento científico?
Filósofo: Thomas Kuhn (1922 - 1996)
Obra: A Estrutura das Revoluções Científicas (1963)

Biografia

Kuhn - (1922 - 1996) foi um físico e filósofo da ciência estadunidense. Seu trabalho incidiu sobre história da ciência e filosofia da ciência, tornando-se um marco no estudo do processo que leva ao desenvolvimento científico.

Ler textos filosóficos de modo significativo (PCNs)

A Estrutura das Revoluções Científicas (1963)

Neste ensaio "ciência normal" significa que uma pesquisa está realmente fundada sobre um ou mais resultados alcançados pela ciência do passado, a qual a comunidade científica particular, por certo período de tempo, reconhece a capacidade de constituir o fundamento da sua práxis posterior. (...)
A física de Aristóteles, a astronomia de Ptolomeu, a óptica de Newton (...) e muitas outras obras serviram por certo período de tempo para definir implicitamente os problemas e os métodos legítimos em determinado campo de pesquisas para numerosas gerações de cientistas. Eles estavam em grau de fazer isso, pois possuíam em comum, duas características: os resultados que apresentavam eram suficientemente novos para atrair um grupo estável de seguidores, afastando-os de formas de atividade científica que com elas contrastavam; e, ao mesmo tempo, estavam suficientemente abertos para deixar ao grupo de cientistas constituídos sobre essas novas bases a possibilidade de resolver problemas de todo tipo.
Doravante, para indicar os resultados que tem em comum nestas duas características usarei o termo "paradigmas", que tem uma relação precisa com o termo "ciência normal". Com a escolha desse termo quis tornar presente o fato de que alguns exemplos de efetiva práxis científica, reconhecidos como validos – exemplos que compreendem globalmente leis, teorias, aplicações e instrumentos –, fornecem modelos que dão origem a tradições particulares de pesquisa cientifica com sua coerência. (...)
Aqueles cuja pesquisa têm por base paradigmas compartilhados pela comunidade cientifica empenham-se em observar as mesmas regras e os mesmos modelos em sua atividade cientifica. (...)
Poucos entre aqueles que não estejam efetivamente empenhados na atividade de uma ciência madura percebem quanto trabalho de polimento desse tipo deve continuar a ser feito depois da aceitação de um paradigma, ou de quão fascinante possa ser a execução de semelhante trabalho. E estes pontos devem ser claramente compreendidos. As operações de polimento constituem a atividade que empenha a maior parte dos cientistas no decorrer de toda a sua carreira. Elas constituem aquilo que chamo de ciência normal.  (...)
A pesquisa no âmbito da ciência normal dirige-se, ao invés, a articulação daqueles fenômenos e daquelas teorias que já foram fornecidas pelo paradigma. (...) Concentrando a atenção sobre um âmbito restrito de problemas relativamente internos, o paradigma obriga os cientistas a estudar uma parte da natureza de modo particularizado e aprofundado, que de outra forma seria inimaginável. Por outro lado, a ciência normal possui um mecanismo interno que assegura o relaxamento das restrições que vinculam a pesquisa toda vez que o paradigma do qual elas derivam deixa de funcionar eficazmente. Nesse momento, os cientistas começam a assumir um comportamento diferente, e muda a natureza dos problemas de sua pesquisa.
Nesse interim, porém, durante o período em que o paradigma tem sucesso, a comunidade dos especialistas terá resolvido problemas que seus membros dificilmente teriam podido imaginar e não teriam jamais enfrentado, caso não tivessem se apoiado no paradigma.

Dicionário Filosófico

Paradigma – Modelo ou exemplo de procedimentos, teorias, leis, aplicações e instrumentos daquilo que os membros de uma comunidade científica partilham.

Ad hoc – Apropriado para isso: as hipóteses ad hoc são criadas para explicar fatos que parecem contrariar determinada teoria.

Elaborar por escrito o que foi apropriado de modo reflexivo (PCNs)

1 – Para Kuhn o que significa o termo “ciência normal”?
2 – Quais são os três exemplos que Kuhn oferece para exemplificar o que ele denomina por “ciência normal”?
3 – Quais são as duas características apontadas por Kuhn para os paradigmas dos cientistas (filósofos) citados?
4 – Por que Kuhn escolheu o termo “paradigma” para indicar os resultados que tem em comum estas duas características acima?
5 – Como se comportam aqueles cuja pesquisa se baseia sobre paradigmas compartilhados pela comunidade cientifica?
6 – “As operações de polimento constituem a atividade que empenha a maior parte dos cientistas no decorrer de toda a sua carreira. Elas constituem aquilo que chamo de ciência normal”. Os aperfeiçoamentos para as explicações do problema na órbita dos planetas do modelo de ciência de Aristóteles e Eudoxo constituem qual ciência normal para a época?
(   ) Modelo geocêntrico para as orbitas celestes
(   ) Modelo heliocêntrico para as orbitas celestes
7 – Qual é o paradigma para esta ciência normal acima?
(   ) De que a Terra está parada no centro do Universo
(   ) De que o Sol ocupa a posição central em nosso sistema planetário
8 – “Concentrando a atenção sobre um âmbito restrito de problemas relativamente internos, o paradigma obriga os cientistas a estudar uma parte da natureza de modo particularizado e aprofundado, que de outra forma seria inimaginável”. Qual foi um dos problemas internos ao modelo geocêntrico que exigiu a concentração dos pensadores daquela época?
(   ) o problema do movimento retrógado dos planetas
(   ) o problema do movimento elípticos dos planetas
9 – Segundo a ordem do desenvolvimento da ciência proposta por Thomas Kuhn, faça a relação de acordo com a História da Ciência Astronômica:
(A) Pré-Ciência
(B) Ciência normal
(C) Crise
(D) Revolução científica
(E) Nova ciência normal
(   ) Sistema Heliocêntrico de Kepler (órbita elíptica)
(   ) Sistema Heliocêntrico de Copérnico (órbita circulares)
(   ) Movimento retrógado e as explicações ad hoc dos epiciclos
(   ) Sistema Geocêntrico de Ptolomeu e Eudoxo
(   ) Cosmos grego de Aristóteles
10 – Assinale a frase que não diz respeito ao conceito de paradigma de Thomas Kuhn.
a) Paradigma é o modelo da ciência normal.
b) A ciência normal é determinada forma histórica de fazer ciência. Essa forma de fazer ou pensar a ciência é o paradigma.
c) A anomalia ocorre quando um paradigma não consegue explicar alguns fenômenos.
d) A partir das anomalias, inicia-se uma crítica do paradigma científico e, com isso, é possível a ocorrência de uma revolução científica.
e) Cada cientista tem um paradigma particular e pessoal, que nunca partilha com outro cientista.
11 – (UNIOESTE 2009) “Segundo o filósofo da ciência Thomas Kuhn, paradigma é um conjunto sistemático de métodos, formas de experimentações e teorias que constituem um modelo científico, tornando-se condição reguladora da observação. […] A ciência normal, conforme Kuhn, funciona submetida por paradigmas estabelecidos historicamente num campo contextual de problemas e soluções concretas. […] Os paradigmas são estabelecidos nos momentos de revolução científica […] Portanto, para Kuhn, a ciência se desenvolve por meio de rupturas, por saltos e não de maneira gradual e progressiva”.
(E. C. Santos)
Sobre a concepção de ciência de Kuhn, é incorreto afirmar que
a) o desenvolvimento científico não se dá de modo linear, cumulativo e progressivo.
b) o desenvolvimento científico possui momentos de revolução, de ruptura, nos quais há mudança de paradigma.
c) a ciência normal é o período em que a pesquisa científica é dirigida por um paradigma.
d) um exemplo de mudança de paradigma (revolução) na Astronomia e a substituição do sistema geocêntrico aristotélico-ptolomaico pelo sistema heliocêntrico copernicano-galilaico.
e) a ciência não está submetida, de forma alguma, às condições históricas.
12 - Qual dos vídeos acima é uma explicação (teoria) ad hoc?

Hora Certa

Total de visualizações de página